sábado, 1 de janeiro de 2011

Egocentrismo


Ego = eu... centrismo = centro. E se mais se lhe não acrescentasse? Eu no centro... e porque não? É certo que dizer "egocêntrico" não costuma ser bom augúrio... vá-se lá saber porquê... pois se tudo no nosso mundo pessoal é de nós mesmos que parte... pois se é da base que se começa a construir a pirâmide. Pois se as fundações não estão sólidas... que será do resto do edifício? Se mais próximos de nós, só nós mesmos... sensata a decisão de começar pelo começo. Desde o dia que se nasce que é dentro de nós mesmos que caminhamos, já que ainda não descobrimos modo diferente de caminhar. E é dentro de nós mesmos que estaremos, até onde a memória tal como hoje a conseguimos entender pode alcançar... A sabedoria está em cada grão de areia; arrecadada como se de um tesouro se tratasse em cada fio de cabelo, guardada a umas quantas chaves no entendimento de cada um... guardada, sim, mas não em demasia; é que supostamente todos lá devem chegar... e todos podem lá chegar, assim o desejem, assim o queiram. Então, porque não buscar primeiro nos cabelos... e só depois no grão de areia... e só depois em países longínquos, e em realidades inacessíveis em tempos de uma vida... ? Buscar talvez até primeiro em algo que é ainda mais primeiro, como o é o próprio entendimento, daquele que trazemos dentro da caixa, daquele que em breve começa a falar connosco, sem que pergunta lhe seja feita...

Aqui pode escrever-se qualquer coisa, ainda que não se lhe perceba a ligação ao resto, ainda que caia do céu por não ter unhas; as ligações entre as coisas existem sempre na verdade, não existindo portanto interesse em que eu aqui me encontre estabelecendo ligações entre seja o que for; a menos que assim me apeteça, e talvez hoje me apeteça assim; falar de egocentrismo, aqui, a esta altura das coisas... porque me apetece? Certamente; mas apetecer-me-á do nada? Se do nada nada provém... e o que é afinal o nada? Não sei... sei que este blog é egocêntrico por natureza, de nascença; como também o são todos por aqui, parece-me que cada vez mais, num padecer de egocentrismo galopante, alastrando por todos os blogues deste perfil... mas este sê-lo-á particularmente; irá ao âmago de um eu que está no centro; talvez outros por aqui pareçam mais egocêntricos ainda, mas por que é de um egocentrismo superficial que tratam... ao passo que aqui é de um egocentrismo profundo e convicto que tudo se trata...

Sem comentários: